Húmus ou Composto?

Veronika Bond Humus

“HOMO – HUMUS – HUMANITAS, três palavras, a mesma origem, o mesmo destino.”Friedensreich Hundertwasser

Conheces a diferença entre húmus e composto?

Eu costumava pensar que a diferença era bem óbvia. Mas desde que este se tornou um dos meus tópicos favoritos, percebi que em muitos casos a diferença não é nada clara!

Na literatura popular inglesa sobre jardinagem, as palavras muitas vezes são usadas como sinónimos. Em livros de jardinagem alemães, a diferença é geralmente bastante clara, mas em blogs e conversas on-line não é sempre.

Como há obviamente alguma confusão sobre composto e húmus, fiz uma pequena experimentação. Para o nosso ‘Mini Workshop de Compostagem’ (5 de abril), preparei dois frascos, um com composto e outro com húmus. Qual dos frascos deveria ser rotulada com qual palavra?

Tivemos cerca de 20 participantes naquele dia. Alguns chamavam o frasco marrom ‘húmus’ e o frasco colorido ‘composto’. Outros disseram que no vidro esquerdo estava ‘composto’, e depois havia alguma hesitação…

Como lingüista, gosto de explorar as origens das palavras. As línguas são fontes de conhecimento tão ricas. As próprias palavras geralmente ‘sabem’ o que são. Aqui estão alguns extratos da minha pesquisa:

A palavra ‘húmus’ vem do latim e originalmente significava ‘terra’. A palavra ‘humano’ é derivado a partir da mesma raiz e a primeira parte da palavra ‘homogéneo’ também. ‘Homos’ é uma palavra grega que significa ‘igual’. ‘Humano’ significa literalmente ‘o terrestre’.

Quando a palavra húmus foi introduzida nas línguas europeias no século 19, tem sido utilizado para o material marrom que podes ver no frasco do lado esquerdo. O agrônomo alemão Albrecht Thaer, o filósofo austríaco Rudolf Steiner, o microbiologista ucraniano Selman Waksman, o agricultor Inglês Sir Albert Howard, a fundadora da ‘British Soil Association’ Lady Eve Balfour, todos eles usaram a palavra ‘húmus’ neste sentido.

Então, como aconteçeu a confusão entre o composto e o húmus?

Felizmente, uma jardineira e co-organizadora do nosso dia de compostagem sabia a resposta a esta pergunta:

A razão é que podemos comprar o material marrom em sacos no centro de jardinagem, e nos sacos está escrito em grande letras: COMPOSTO!

A palavra ‘composto’ também vem do latim, e significa literalmente ‘compor’ alguma coisa. Então esta é a composição que podes ver no frasco à direita. O composto é uma composição de todos os tipos de substâncias orgânicas que se decompõem com o tempo e se tornam húmus.

O húmus é uma unidade homogênea. Poderias dizer que é ‘composto maduro’ ou ‘composto num estado transformado’.

No entanto, a diferença entre o composto e o húmus é muito grande (é maior do que, por exemplo, a diferença entre uma maçã imatura e madura). É um fenômeno semelhante à transformação de uma lagarta em borboleta.

Mas voltando ao material em meus dois frascos. O meu frasco de húmus contém húmus bem maduro de uma pilha de compostagem de 10 anos de idade. O meu frasco de compostagem contém as seguintes camadas:

  • Pequenos ramos no fundo
  • Algumas urtigas e outras plantas selvagens verdes picadas
  • Uma  camada fina de húmus
  • Um pouco de areia
  • Mais uma vez, algum material verde (folhas de confrei picadas) e flores amarelas (mostarda e couve)
  • Mais um pouco de húmus
  • Uma caixa de ovos em pedaços como camada superior

Depois de uma semana (12 de abril), o meu frasco de compostagem’ (aquele com a composição colorida) parecia inalterado. Então decidi borrifar a mistura com um ‘ativador de compostagem’, e duas semanas depois, os frascos ficaram assim:

O húmus no frasco esquerdo não mudou, e o composto no frasco direito está a converterse em húmus. Algum líquido baixou ao fundo, os ramos ainda são visíveis, a composição inteira está reduzido em cerca de um quarto. Os pedaços da caixa de ovos ainda não são disintegrados, mas as camadas no meio começam a parecer homogêneas.

 

A revolução do húmus começou - quer fazer parte dela?