Abundância Milagrosa

Veronika Bond Books

design: Melissa Jacobson
Chelsea Green Publishing

“Um mapa do mundo que não inclui a utopia não vale a pena dar um olhar.”Oscar Wilde

Recentemente terminamos de ler um belo livro chamado Miraculous Abundance (Abundância Milagrosa) de Perrine e Charles Hervé-Gruyer.

“Nada nos preparou para ser agricultores,” Charles escreve na introdução. “Perrine era uma advogada internacional; eu era marinheiro.”

Depois de comprar uma pequena quinta num vale da Normandia, Perrine e Charles mudaram para sua nova casa – uma antiga casa de palha – em 2004, “com a cabeça cheia de sonhos” e pouca experiência agrícola.

Dez anos mais tarde, na época da publicação de seu livro Miraculous Abundance, o casal Hervé-Gruyer estão a administrar uma empresa agrícola próspera na sua quinta La Ferme du Bec Hellouin. Criaram um pequeno paraíso num local onde a terra não era particularmente fértil no início.

Charles e Perrine tiveram que aprender muito. Houve momentos em que não tinham certeza se iriam sobreviver economicamente. Na França, não havia um exemplo que eles pudessem usar como modelo, e nos primeiros anos difíceis receberam pouco apoio. Agora recebem visitantes de todo o mundo que querem estudar e aprender com eles.

Charles e Perrine afirmam repetidamente que seu sucesso não é baseado em suas próprias invenções. Eles dizem que não inventaram nada de novo, que aprenderam e copiaram de outros, experimentaram muito e, acima de tudo, seguiram um caminho totalmente alinhado com suas convicções.

“Tentamos confiar na vida,” dizem eles.

Essa confiança valeu a pena. O Ferme du Bec Hellouin é agora enriquecido por uma paisagem comestível, um jardim florestal, um jardim de mandala e dois jardins insulares, bem como um ‘centro de pesquisa internacional para a permacultura’. Além disso, o amor de Perrine e Charles pelo cultivo de alimentos saudáveis levou a uma colaboração mutuamente inspiradora com chefs premiados de restaurantes gourmet franceses.

Cultivar alimentos manualmente está no coração da filosofia da quinta. Esta não é uma regressão a uma ‘agricultura pré-industrial’ do passado, mas uma progressão para uma eco-cultura do futuro.

Perrine e Charles são pioneiros da eco-cultura. Eles estão a estabelecer um modelo inspirador e mostram que a eco-cultura contemporânea pode servir às necessidades humanas, e ao mesmo tempo dar uma chance de sobrevivência ao nosso planeta.

Pode descobrir mais sobre como Perrine e Charles cultivam uma “abundância milagrosa” no seu pequeno paraíso aqui: La Ferme du Bec Hellouin

 

A revolução do húmus começou - quer fazer parte dela?